A melhor música de cada disco do Green Day

Hoje é o grande dia: Green Day em Porto Alegre, algo que sonho há uns quinze anos, tranquilamente. E para aquecer para o show de logo mais à noite, resolvi fazer mais uma das já famigeradas listas. A tarefa foi HERCÚLEA, mas escolhi a melhor música de cada disco da banda. Aí vai:

Only Of You – 1,039/Smoothed Out Slappy Hours (1990)

Muita gente não sabe que uma das influências de Green Day é Hüsker Dü, grande banda dos anos 80. E Only Of You tem bastante influência desses caras. Inclusive, a parte do “Ohohoh” que rola mais pro fim da música é parecidíssima com a que rola em Standing In The Rain, do Hüsker. Grande canção, que me marcou muito e até hoje me emociona.

No One Knows – Kerplunk (1992)

Uma das músicas mais trabalhadas do começo da carreira do Green Day, No One Knows é linda demais. A introdução no baixo é perfeita e o refrão, muito poderoso. Num disco em que que todas as faixas são clássicas, essa consegue brilhar bastante. E isso é um mérito e tanto.

Pulling Teeth – Dookie (1994)

Escolher apenas uma música do Dookie é praticamente impossível, já que foi o disco que me fez conhecer a banda. Todas as faixas são muito especiais para mim, mas escolhi Pulling Teeth, por ter sido uma das mais ouvidas na minha adolescência, quando eu me apaixonava por uma nova guria a cada semana. E por ser uma canção de amor muito bizarra, sempre me agradou demais.

86 – Insomniac (1995)

Disco que representou minha quebra de contato com Green Day por um tempo, Insomniac foi o último disco da banda que ouvi na época em que saiu, atitude retomada apenas no American Idiot. Tem muita música boa, com destaque para 86 e seu refrão simples, porém matador. E descobri recentemente que a letra é sobre ser expulso da cena underground, coisa que o Green Day sabe muito bem como é.

Uptight – Nimrod (1997)

Mesmo tendo acabado de dizer que dei uma pausa em Green Day depois do Insomniac, ainda acompanhei a banda, especialmente os clipes. Percebi que eles contiuavam fazendo músicas do caralho e cogitei seriamente escolher uma canção que tinha clipe para colocar aqui. Mas ao descobrir Uptight, todas as outras faixas pareciam menores. Guitarrinha melancólica no começo e refrão como só eles sabem fazer.

Waiting – Warning (2000)

Este é um dos poucos casos em que uma música salta muito na frente das outras num disco do Green Day. Waiting é claramente superior às demais do Warning. As pausas com a guitarra limpa e depois a explosão com baixo e batera são excelentes. É o tipo de música que nasceu para ser hit.

Extraordinary Girl – American Idiot (2004)

Apesar do começo ter um clima meio bizarro, com batucadas tribais e sons soturnos, tudo volta ao normal com a primeira estrofe, detonando geral. O refrão dessa música é um dos maiores motivos para afirmar que Billie Joe Armstrong é um gênio das melodias. Baita canção.

Murder City – 21st Century Breakdown (2009)

Mais uma melodia letal, Murder City já começa quebrando tudo, com a batera a mil. O riff é muito forte e, só para variar, o refrão é grudento, com uma caída legal e que achei bem inesperada na primeira vez que ouvi. Predileta da casa, aqui.

Depois dessa seleção, é só separar a camiseta da banda e rezar para não ter um AVC na primeira música do show. FUI.

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

3 Respostas to “A melhor música de cada disco do Green Day”

  1. Fortbridge Says:

    evitando os hits, ahn? INDIE. husgsg
    -nego

  2. EGS Says:

    Bah, eu conheço e curto tanto Green Day que gosto até das músicas que eles nunca compuseram (ns).

  3. dri Says:

    ai qto tempo q eu não escutava green day!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: