Grandes Currículos da Música: Phil Collins

A carreira do PHIL COLLINS remonta ao tempo em que ele fazia parte do Genesis, quando a banda ainda fazia rock progressivo, mas como não curto esse tipo de som, destacarei apenas a carreira solo, que possui hits absurdamente bons.

Obrigatório começar pela clássica In The Air Tonight, do primeiro disco solo, e que foi usada genialmente no comercial do chocolate Cadbury e também no filme Se Beber, Não Case. Acabou se tornando um ícone da cultura pop, e com razão.

Provando que também sabe compor para trilhas de filmes, o Phil Collins gravou Against All Odds, para o filme homônimo. Balada definitiva, que reforça a certeza de que, quando ele senta ao piano, poucos músicos chegam perto do seu talento.

No mesmo ano, 1984, Phil Collins parecia estar POSSUÍDO, de tantas músicas boas que escreveu. Esta aqui foi em parceria com o Phillp Bailey, um dueto que marcou época e gerou inclusive uma versão em português, chamada Inflamável e cantada pela banda CICLONE. Mas vamos à original:

Impossível não lembrar do álbum …But Seriously (maior nome), que produziu dois dos maiores hits do cantor. Tentei escolher apenas um para colocar aqui, mas falhei miseravelmente. Aqui vai o primeiro, que todo mundo conhece.

E para fechar com chave de ouro, aquela que considero ser a melhor música dele, também do disco de 1989. Tenho vontade de morrer a cada vez que ouço, sem exagero.

É ou não é um gênio absoluto do pop?

Tags: , , , , , , , , , , ,

3 Respostas to “Grandes Currículos da Música: Phil Collins”

  1. Jairo Piscitelli Jr. Says:

    Há uns 10 anos vi o “Behind The Music – Genesis” no Multishow. Surtei, enlouqueci: eu tava recém no saco do meu pai em 70 e poucos e o Peter Gabriel já tava lobotomizando a plateia com uma cabeça de raposa hiper-sinistra, dando aula de teatralização e boa música. Comprei tudo deles em vinil, pra entrar no clima do Art Rock, e quanto mais ouvia, mais respeitava o Phil Collins enquanto baterista/backing. Quando o Peter largou fora, o Phil era quem ensinava as músicas aos candidatos à vaga – nenhum dos mais de 100 manés cantou melhor que ele, que assumiu a banda e deu um banho de marketing, parando com os 14 minutos de punhetagem musical a cada música e indo pro melhor pop-chiclete comercial. Gênio! Em vez de seguir no caminho e ser eternamente comparado ao vocalista anterior, vislumbrou novos rumos, um novo nicho e virou líder de mercado… Against All Odds é uma das minhas Top 5 de todos os tempos – o que é a interpretação vocal do cara???? Mestre!!!! Grande texto, grande sugestão como sempre – abração, bruxo!!!!

  2. EGS Says:

    Valeu, cara!

    Considero o Phil Collins um gênio e como amante de música pop, achei que ele merecia fazer parte dessa série.

    Abração!

  3. tity Says:

    concordo Egs. grande cara esse tal de PHIL. quando era piá, jurava que ele dublava uma voz de robô, por causa desse ECO maldito que ele adiciona nas gravações. mas fica legal! abração pra tu!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: