All things must pass

Eu confesso: não consigo ver fotos da Austrália. Sempre que me deparo com alguma pasta de imagens no computador ou recebo algum link dos amigos que lá estão penso duas vezes antes de abrir. Sinto a mesma coisa que se sente ao ver a foto de um parente falecido há pouco ou de uma namorada cujo relacionamento terminou recentemente: um aperto enorme no peito.

Sei que é só uma questão de tempo até eu poder olhar essas fotos como olho as da infância ou da época da faculdade, com aquela nostalgia boa, de lembranças dos ótimos momentos vividos. Mas ainda não dá. A volta é muito recente e os sentimentos se misturam na cabeça, além de mil questionamentos que aparecem a toda hora.

Por isso, peço desculpa aos amigos daqui que me perguntam empolgados sobre a viagem ou mesmo sobre os meus planos atuais. As coisas ainda estão indefinidas e a transição é lenta. Também peço que os amigos de lá relevem se eu não olhar seus álbuns de fotos. Entendam que é apenas uma fase e como tal, precisa ser superada para dar espaço a uma nova postura. Mas enquanto ela não passa, tem sido difícil olhar imagens dos últimos dois anos sem bater uma saudade cruel.

É, quem disse que seria fácil?

Tags:

Uma resposta to “All things must pass”

  1. hfanti Says:

    pra mim é mais por ouvir músicas “da época” do que ver fotos.🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: